A mudança é uma porta

que se abre de dentro para fora

Reintegração social

por meio do trabalho

A mudança é uma porta

que se abre de dentro para fora

Últimas Notícias

Próximos Eventos

Mão de obra carcerária

Ser cidadão é ser errante. Para tentar acertar sua alma, erra seu corpo. Se fosse para ser parado, não teria duas pernas e pés para um mesmo
e sempre caminho. Gente é do mundo, não se sabe em confins, fronteiras, nem as aceita por dentro, que dirá por fora.

 

Reintegração por meio de trabalho

Este projeto tem por objetivo devolver ao preso a Cidadania, reinserindo-o na sociedade por meio da capacitação e disponibilização no mercado de trabalho, obtido por meio de conscientização e busca de parceiros, sejam públicos ou privados.

Isto, porque, o IDECI acredita que para que exista a Cidadania é necessário que o indivíduo participe de modo direto ou indireto na formação e condução de um governo, de sua administração, coletividade e dos direitos e deveres ao ser humano. Porque ser cidadão é ser gente.

Gente que pensa, que chora, que se arrepende e que quer outra ou uma segunda oportunidade. Existe no Brasil uma grande população que está à margem dessa cidadania sonhada, mas que nos faz pensar em sua existência quando somos vítimas dela ou de seus efeitos, trata-se da população carcerária.

Assim, por meio de rígida fiscalização e intenso controle de qualidade, dentro da população carcerária de Pernambuco o IDECI, mediante autorização expressa para tal fim, aplica processo seletivo de Recursos Humanos, exames psicológicos, acompanhamento psicossocial, pedagógico, palestras com sociólogos e especialistas da área.

Isso por que Pessoas que cumprem penas ou que recém-saíram do sistema carcerário buscam a oportunidade de recomeçar a vida. Mas, para isso, precisam de uma chance de voltar ao mercado de trabalhar.

JoomShaper